domingo, 14 de dezembro de 2008

Texto dissertativo-argumentativo: planejamento



Planejar um texto antes de realizá-lo no papel de forma definitiva é fundamental para o sucesso final de uma boa escrita. Para tanto, é importante que você se organize para esse momento.
Uma sugestão simples e válida, como primeiro passo, é registrar as ideias a serem abordadas em cada parágrafo. É importante se fazer a previsão do que vai ser discutido e como este o será, caso contrário você corre o risco de formar um parágrafo sem clareza, sem coesão, sem unidade, sem objetividade e sem um fluxo de ideia único. 
Uma técnica que pode ser usada e que pode trazer um bom resultado final é um planejamento por tópicos frasais. Já que cada parágrafo tem um tópico frasal, e este é o núcleo fundamental de cada abordagem, essa tipo de planejamento pode garantir um texto com abordagens diretas, objetivas, claras e coerentes ao final da produção.
Mas não podemos esquecer que a técnica é um passo inicial. Após a formação e elaboração dos tópicos, é necessário que os conceitos de paragrafação de introdução, desenvolvimento e conclusão sejam respeitados e bem aplicados.
Ainda é valido ressaltar que, após ter os tópicos frasais bem formados, para que se tenha um parágrafo de qualidade, é mister se pensar como o parágrafo será desenvolvido. Uma dica importante e valida é analisar com cuidado o tópico elaborado e buscar o que nele merece ser explicado, detalhado, relacionado, exemplificado e analisado. A partir disso será desenvolvido o parágrafo.



Imagine que você está diante de um tema que lhe permita levantar hipóteses que justifiquem a entrada de jovens no mundo das drogas. Para tanto, você deve primeiramente organizar seus conhecimento e informações sobre o assunto. Depois, a organização por tópicos pode te ajudar muito. Observe:

Introdução:
Os principais motivos são: influência dos amigos, curiosidade e principalmente a má estrutura da família.

Desenvolvimento 1:
A influência dos amigos talvez seja a maior porta de entrada para o mundo das drogas.

Desenvolvimento 2:
A curiosidade também é um perigo iminente.

Desenvolvimento 3:
Mas de todas essas situações, a desestruturação da família é um dos maiores impulsionadores para o contato com os tóxicos.

Conclusão:
É possível evitar que o jovem não tenha nenhum contato com a droga?

8 comentários:

  1. nossa não entendi nada sou muito burra mesmo '

    ResponderExcluir
  2. Valeuuuuuuuuuu, me ajudou, só q quando der detalhe mais sobre o assunto, bele. Fuiiiiiiii!!!!

    ResponderExcluir
  3. er deu certoo pelo menos pra mim (Y'

    ResponderExcluir
  4. valeu cara espero agora produzir dissertações que marquem a história dos leitores

    ResponderExcluir
  5. Gosteii ..
    ficou mais raro esse tipo de
    explicação ..
    Bjos ..

    ResponderExcluir
  6. obrigado agora vou poder fazer meu trabalho da escola

    ResponderExcluir
  7. Ótima explicação, simples e direta! Vou aplicá-la para eleboração de meu textos. Parabéns mesmo!

    ResponderExcluir